sábado, 16 de maio de 2009

DOCUMENTÁRIO FIRMEZA TOTAL

A Secretaria da Educação produziu um documentario ENSINO MEDIO EM REDE (HIP-HOP EM SALA DE AULA).
Onde alem de um clipe de 1° qualidade do grupo Submundo Racional, ainda tem imagens e depoimentos de crianças da oficina de MCs da Posse Enraizados SP. Tambem depoimento dos oficineiros Dimenor, Lge, Soneca, Terno e do b.boy Tcheba. O documentario é avaliado por especialistas em educação, Assistente Social, Psicologos, Professores da USP, e varios outros especialistas.


STREET JAMS-ELECTRIC FUNKY vol.1

01-Juice 'The Electric Wire'-Skanless Electric Funk Mega Mix
02-Áfrika Bambaataa e The Soul Sonic Force-Planet Rock
03-Twilight 22-Electric Kingdown
04-Planet Patrol-Play At Your Own
05-Techonfunk-Mirda Rock
06-Guru-Who Are You Stealin From
07-Hashim-Al Naayfish (The Soul)
08-Cybotron-Clear
09-Aleem-Release Yourself
10-Herbie Hancock-Rock It
11-Grandmixer DST-Megamix II Why Is It Fresh
12-Newcleus-Jam On Revenge (The Wikki-Wikki Song)
13-Grandmixer DST-Crazy Cuts

http://www.mediafire.com/?zmy2jtnmyoz

Fonte: originalfunk-se
BREAKIN' (1984)
**Estão ai duas trilhas sonoras raras e clássicas dentro do universo hip-hop Beat Street (post abaixo) e Breakin', ambos 1984!! Dont' Stop The Feeling.

01-Ollie & Jerry-There's No Stoppin' Us
02-Bar Kays-Freakshow On The Dance Floor
03-Hot Streak-Bod Work
04-Carol Lynn Townes-99.5
05-Ollie & Jerry- Showdown
06-3V-Heart Of The Beat
07-Fire Fox-Street People
08-Reflex-Cut It
09-Chaka Khan & Rufus-Ain't Nobody
10-Ice T & Chris The Glove Taylor-Reckless
11-Ice T & Chris The Glove Taylor-Reckless
12-Al Jarreau-Boogie Down
13-Kraftwerk-Tour The France
14-Art Of Noise-Beat Box

Baixe o CD e confira !!
http://www.mediafire.com/?t2uzzzynztm

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Entrevista com Lady Rap

nome: Glayce de Freitas
Vulgo: Lady rap

Qual a tua trajetoria antes do rap, e como isso começou?

Na verdade não existiu tragetoria era uma criança normal com pais normais vida estremamente normal...

Quais foram os grupos que te influenciaram na correria do rap?

Na verdade de tudo um pouco mais quando comecei a curtir rap mesmo eram o Expressão Ativa, Negra le, Ndee Naldinho, Sampa Crew entre outros.

O que você relata em suas letras e qual a proposta delas?

Falo de amor de sedução das conquistas das mulheres defendo o rap/música falo coisas que elevam pra a alto-estima do ser humano... a proposta é essa mesmo dançar, falar de paz, falar de amor trazer vida as pessoas e fazer com que elas percebam que rap é musica não é so protesto que rap é lazer não é só seriedade, em fim, que rap é som pra seres humanos e não pra robores.

Quanto tempo de correria já no rap, e o q ele te proporcionou já em sua vida?

Tem exatamente 8 ano que conheci e que escrevi meu primeiro rap, e posso dizer que além da satisfação, o rap me proporcionou conforto em momentos que que pensei ter acabado o sentido de viver... por eu ter sofrido um estupro e ter iniciado uma sindrome do panico, nesses momento o rap me deu vida meu deu força, não só o rap, mas todos os meu aliados e parceiros que estavam na correria do RAP comigo.

Pra vc como mulher, quais as dificuldades que você ja sofreu em ser uma Rapper, e na sua visão o que deve ser feito para as minas conquistar o respeito no RAP alagoano?


A princípio, a maior dificuldade era comigo mesma, ao contrário do que acontece com outras meninas ao entrar no rap o preconceito não surgiu dos homens mas de mim mesma para comigo mesma hehe...falo em relação as roupas ao meu comportamento ao meu carater, em fim uma série de fatores que fizeram com que houvesse essa cobrança. E em relação as meninas no rap alagoano acredito que a situação se encontrava no comodismo... cobravam de algumas ... queriam ver o rap feminino crescer mais ninguem se doava para que isso acontecesse... o Nordesti'na'mente chegou quebrando a banca de muitas meninas que tinham vergonha de cantar e a exemplo do grupo novas meninas estão mostrando o seu potencial e não sou prepotente de maneira nenhuma, em afirmar que o Nordesti'na'mente "Abriu as portas para uma nova era de mulheres capazes" no Rap alagoano!!!

Você acha que agora chegou a vez das mulheres no rap alagoano?

Não só acho como tenho certeza... como disse anteriormente, o comodismo havia tomado conta do rap feminino alagoano, e esse ano de 2009 as mulheres tão chegando com firmeza no rap, ha cada menina nova que entra no nosso movimento é uma mutidão que elas atraem é lindo ver uma mulher no palco, sua desinvoltura, sua sinceridade em transmitir seu som... mas depois que essa modinha passar só as guerreiras sobreviveram.

Rolou algum tipo de preconceito com você aqui em alagoas?

Sim rolou não vou nem devo citar nomes mas, disseram que nosso som era "brega" que estavamos ridicularizando o rap... bom... rap mais ridículo eu já vi por ai e nem por isso... como diz a música "tô nem ai"... Eu sei que na verdade tão curtindo mas existe alguns que não querem acordar pro novo entãom só digo pra essas pessoas... Paciência...

Fale aqui e deixe um salve para as minas que estão nos corre do rap e q estão afim de cantar, e o que você ver no rap alagoano, ou no hip-hop, quais os rumnos que você irá tomar na sua vida de rapper e dê seu ponto de vista no q devia melhorar na banca do rap alagoano?

Um salve para: Preta Pyll, Jêh Gusmão(poetas perifericos)Eu vejo no rap alagoano talentos joias que o a correria vai lapidar vejo rappers promissores, vejo uma nova maneira de viver...
Mas vejo que pra isso acontecer é preciso que as pessoas resolvam mudar alguns posicionamentos.
Eu Ainda continuo cantando no Nordesti'na'mente, mas, estou na correia da minha
mix tape "solo" que desejo fazer com algumas participações: Recife,São Paulo, Rio Grande do Norte e do Sul e Alagoas...